Regras de ouro para saudações em reuniões

Lembro-me de começar no meu primeiro emprego, e de passar pela provação honrada de ser exibida pelo escritório para conhecer a equipe.

Duas apresentações em particular destacaram − se-e continuam a fazê-lo, depois de todos estes anos. Primeiro, conheci o Gerente da equipa, Andrea. Ela levantou-se quando eu entrei, sorriu e ofereceu-me a mão em namastê o que é. Ela fez uma rápida referência à faculdade onde eu estava, o que mostrou que ela se lembrava da minha entrevista, pelo menos, e pediu desculpas por não ter mais tempo para conversar, enquanto ela estava a caminho de uma reunião.

Um pouco mais tarde conheci o Chris. O Chris inclinou-se para a cadeira, mãos atrás da cabeça. Ele olhou para cima e para baixo, levantou uma sobrancelha, e disse, ” Bem, acho que você apareceu, pelo menos.”As delicadezas concluíram, ele voltou para o seu ecrã.

Adivinha em quem decidi que seria aquele em quem confiar e admirar? Ali mesmo e depois.

As primeiras impressões importam. Não são as únicas coisas que contam para uma boa reputação no local de trabalho, mas podem ter um impacto desproporcional. Acerte-os, e você vai estabelecer uma relação muito mais fácil com colegas de equipe, clientes e fornecedores. Se os enganares, vais acabar por te pôr em dia.

Tente estas dicas para cumprimentar alguém novo no trabalho.

Levante-se

Quando estiveres a cumprimentar pessoas novas, fá-lo Cara a cara. É educado e mostra respeito. Isso significa que você os considera importantes o suficiente para mudar sua posição física para eles. Ele também ajuda você a fazer contato visual.

Olhe nos olhos

Fazer contacto visual indica comprometimento e foco. Mostra que estás interessado na outra pessoa. Olhar para os sapatos, o relógio, ou o telemóvel mostra o contrário, e sugere a retirada. Usa uma linguagem corporal positiva.

Sorri (e o mundo sorri contigo)

Mesmo que estejas a carregar as aflições do mundo nos teus ombros, tenta parecer feliz por ver o teu novo conhecido. Um sorriso é acolhedor e inclusivo.

Tome a iniciativa com um aperto de mão

Aproxima-te da pessoa que estás a cumprimentar e estende a tua mão. Vai achar-se confiante e assertivo, não agressivo. Não esperes que a outra pessoa assuma a liderança.

Mantenha-o simples: agitar firmemente, mas evitar o ” punho da morte.”Um” peixe mole ” deixa uma impressão igualmente fraca. E mantenha a mão livre ao seu lado: bombear com duas mãos e mãos nos ombros são estritamente para políticos.

Diga quem é

Melhor ainda, diz Porque estás lá e o que fazes. “Olá, sou a Paula” é um começo. “Olá, sou a Paula. Sou gerente de conta da equipa de sucesso do cliente. Como posso ajudar?”é realmente útil, e mostra que você está fazendo o esforço.

Observar a hierarquia

Se vais fazer as apresentações, lembra-te da etiqueta do negócio. Apresenta menos idosos a mais idosos. Começa pelo nome da pessoa mais velha, depois apresenta-lhes a pessoa mais nova.

Acertar no jogo do nome

Certifica-te que te lembras do nome de alguém a quem foste apresentado, e usa o nome como deve ser. É melhor pedir à pessoa para repetir o nome do que continuar usando uma versão incorreta.

Espere pela permissão antes de usar o primeiro nome de alguém. É respeitoso. Algumas pessoas não gostam da informalidade desde o início, e pode ser visto como culturalmente insensível.

Babosa para pele: hidratação e jovialidade, naturalmente

Babosa para pele é um dos tratamentos naturais, práticos e acessíveis aproveitando o poder hidratante dessa planta medicinal milenar. Também conhecida como Aloe Vera, ela não pode faltar quando o assunto é cuidar da beleza. Veja os detalhes nos próximos parágrafos!

Talvez você já tenha ouvido falar em Babosa, erva-babosa, babosa de jardim, caraguatá ou botica de Jardim, outros nomes populares da Aloe Vera. Uma espécie muito explorada desde a antiguidade e que conta com inúmeras receitas para tratar da saúde e do visual.

Fácil de ser cultivada em casa, pois não requer atenção especial, a Babosa é encontrada ainda em feiras, mercados e farmácias de manipulação – in natura ou em produtos de diversos formatos, para variadas aplicações e finalidades.

Há quem utilize a Babosa até para retirar a maquiagem do rosto, uma vez que a planta, além de não trazer compostos químicos como os dos itens industrializados, serve para hidratar a epiderme, ajudando a diminuir possíveis irritações provocadas pela própria make.

Se você quiser experimentar a Babosa para pele enquanto removedor de maquiagem, basta colocar um pouco do gel da planta em um chumaço de algodão.

Em seguida, esfregue suavemente na face, repetindo o procedimento até limpar completamente a cútis. Depois, é só lavar o rosto com água morna e sabão apropriado ao seu tipo de pele.

Tudo indica que a Babosa para a pele, fora a limpeza, ainda traz outro benefício: o combate às linhas de expressão e rugas. Entre as propriedades do vegetal está o estímulo à produção de colágeno, a proteína responsável pela elasticidade.

Por isso, a Aloe Vera costuma ser indicada para diminuir o grau das rugas e/ou eliminar algumas marcas na testa, ao redor dos olhos e da boca – desde que utilizada regularmente e da maneira certa.

Neste caso, você pode colocar um pouco do gel na ponta dos dedos e passar a Babosa no local que deseja tratar; massageie delicadamente a região e deixe agir por cerca de 10 minutos; remova o gel com água fria e sabonete específico para sua pele.

Atenção: misturas caseiras e/ou naturais para pele ou cabelos não estão livres de efeitos adversos, como alergias. Plantas medicinais também podem causar consequências inesperadas e interações com produtos, medicamentos etc.

Existem muitas espécies de Babosa, e nem todas são recomendadas para consumo humano. Consulte um médico de sua confiança, principalmente se já estiver fazendo algum tratamento.

Este post tem o objetivo de informar. Ele não substitui uma avaliação por um dermatologista, o único profissional apto a realizar diagnósticos e prescrever tratamentos de acordo com cada caso.  

Babosa para pele: receita para renovar sua beleza

Quer um esfoliante natural para limpar as camadas profundas da pele? A Babosa atua como uma base para isso, além de hidratar. Misture 2 colheres (sopa) de gel de Babosa com 1 de açúcar ou bicarbonato de sódio.

Em seguida, aplique a mistura no rosto fazendo movimentos circulares e delicados. Para finalizar o tratamento, remova a receita com água e sabão. A dica vale também para as áreas mais secas, como joelhos e cotovelos.

A Babosa é utilizada tanto na estética quanto na medicina natural. Considerada “planta milagrosa”, vem sendo aproveitada há milênios, em especial por gregos, romanos, indianos e chineses.

Rica em vitaminas (A, C, E, Complexo B) e aminoácidos, a Babosa serve de ingrediente central para inúmeras fórmulas capilares e de pele. Tudo graças às suas propriedades hidratante, revigorante, regeneradora e antioxidante.

O tipo mais popular é a Aloe arborescens, uma planta que cresce espontaneamente no nordeste brasileiro. Ela possui longas folhas de bordas denteadas e traz em seu interior uma seiva (gel) espessa e transparente, repleta de benefícios para a beleza e o bem-estar.

E você, já experimentou a Babosa para pele? Que tal compartilhar sua experiência aqui? Fique à vontade…

Referências

Hidratação com Babosa: nutrição profunda para os cabelos; veja receitas

Hidratação com Babosa é uma alternativa mais barata e natural, seja para os cabelos ou pele. Hoje, vou mostrar receitas e como a planta é capaz de ajudar a deixar os fios maleáveis e brilhosos. O que é possível graças aos vários nutrientes que o vegetal possui.

A Babosa contém vitaminas (C, A, Complexo B), minerais e aminoácidos, servindo de tratamento para praticamente qualquer tipo de cabelo. Além de também ser uma ótima aliada no combate às estrias.

Embora o que não falte atualmente é produto industrializado, a hidratação com Babosa continua fazendo sucesso, especialmente entre os que procuram opções econômicas e sem aditivos químicos.

A planta auxilia na devolução da maciez dos fios ressecados, ajuda a definir cachos, inibe a queda e ainda contribui para um brilho único. Um concentrado poderoso que a natureza oferece e que promete fortalecer e embelezar os cabelos danificados como nenhum outro.

O que povos milenares descobriram há tanto tempo foi sendo passado de geração a geração, chegando às nossas avós e persistindo até agora. É a hidratação com Babosa, também conhecida como Aloe Vera, para manter os cabelos sempre fortes e brilhantes.

Não é à toa que a indústria de cosméticos inclui a Babosa na formulação de vários produtos com estes objetivos. Nada melhor do que o velho e bom gel retirado da folha da Aloe Vera para criar xampus, condicionadores e máscaras capilares.

Atenção: misturas caseiras e/ou naturais para pele ou cabelos não estão livres de efeitos adversos, como alergias. Plantas medicinais também podem causar consequências inesperadas e interações com produtos, medicamentos etc. 

Lembre-se: queda de cabelo pode ser sinal de outros problemas, entre os quais alterações na glândula tireoide e mudanças hormonais. Se perceber uma queda exagerada de fios, consulte um médico de sua confiança.

Este post tem o objetivo de informar. Ele não substitui uma avaliação por um dermatologista, o único profissional apto a realizar diagnósticos e prescrever tratamentos de acordo com cada caso.

Hidratação com Babosa para cabelos: passo a passo duplo

O tratamento pode ser feito somente com a planta e água ou adicionando o gel de babosa a uma máscara concentrada. Basta uma folha para fazer o procedimento, que é recomendado uma vez por mês. Anote o passo a passo – primeiro sem creme:

  1. Retire o gel transparente de dentro da Babosa com uma colher; coloque-o em um pote.
  2. Amasse os gominhos da planta que estão no recipiente, com as mãos ou um garfo.
  3. Passe a Babosa em todo o cabelo previamente limpo somente com xampu, deixando agir por 15 minutos, de preferência utilizando uma touca.
  4. Enxágue os fios.
  5. Deixe os cabelos secarem naturalmente.

E que tal potencializar os efeitos do seu creme de tratamento preferido colocando nele a hidratação com Babosa? Veja os ingredientes, os modos de preparar e usar esta receita: 

Ingredientes:

  • 1 Folha de Babosa
  • Creme de tratamento de sua preferência, em quantidade de acordo com o comprimento do cabelo

Como aplicar a hidratação com Babosa e creme:

  1. Lave os cabelos apenas com xampu.
  2. Corte a Babosa ao meio e retire seu gel.
  3. Misture o gel com o creme.
  4. Divida os fios por mechas e aplique a mistura, massageando bem, deixando cerca de quatro dedos de distância da raiz.
  5. Coloque uma touca plástica e deixe o tratamento agir durante 30 minutos.
  6. Enxágue os cabelos.
  7. Deixe os fios secarem ao natural. Caso prefira usar o secador, mantenha a temperatura baixa e não esqueça de aplicar um protetor térmico para proteger o cabelo.

Escolha a receitinha de sua preferência e aproveite a hidratação com Babosa para dar um trato nos cabelos em casa mesmo. Mais prático impossível, não é mesmo? Sucesso!

Fonte: madeixa.com.br

Babosa para estrias: receita top com azeite; aprenda aqui!

Babosa para estrias é uma opção natural de combate às listras que marcam a pele. Vermelhas ou brancas, essas imperfeições prejudicam o visual e autoestima. Mas será que a planta é capaz mesmo de dar um jeito no problema? E como usá-la?

Antes, uma breve explicação sobre a origem das estrias, um mal que costuma afetar principalmente quadris, flancos, nádegas, mamas e abdômen.

Basta a pele estirar rapidamente e elas surgem por causa do rompimento das fibras elásticas, seja devido ganho de peso, crescimento acelerado durante a puberdade ou gravidez. Geralmente, estas são as situações mais comuns para as linhas desagradáveis aparecerem.

Porém, as estrias podem ser provocadas também por uma produção anormal de colágeno ou em função de remédios e produtos químicos que atrapalham a síntese da proteína.

Resultado: um aspecto de pele diferente do normal, levemente rebaixado, além do tom rosado ou esbranquiçado, dependendo da fase das estrias.

E como será que funciona a Babosa para estrias? Será que ela tem condições realmente de reverter o efeito listrado do rompimento das fibras da pele? Primeiro: é importante deixar claro que estrias não costumam ser fáceis de remover, inclusive com equipamentos modernos e potentes disponíveis em clínicas de estética.

Segundo: os preparos caseiros naturais não estão livres de reações adversas; plantas medicinais devem ser utilizadas com acompanhamento especializado, ainda mais se você já estiver fazendo algum tratamento. Consulte sempre seu médico.

Dito isto, vou falar um pouco agora do porquê de existir uma forte indicação de babosa para estrias…

A Babosa ou Aloe Vera é um vegetal rico em diversos nutrientes, tais como saponinas e lignina, além de minerais (cromo, ferro, zinco, cobre, magnésio, potássio e manganês); vitaminas (C, E e Complexo B), betacaroteno (pró-vitamina A), colina e ácido fólico. Por isso também é muito boa para hidratação do seu cabelo.

É por causa do alto teor de componentes nutritivos encontrados na Babosa que ela é considerada uma planta de grande poder, sendo a estrela de inúmeras receitas caseiras e produtos industrializados para tratar e, de preferência, acabar de vez com as estrias.

A Babosa para estrias age regenerando as células no local afetado pelo rompimento das fibras elásticas, favorecendo a renovação da pele. Com isso, é capaz de auxiliar na ativação e estimulação da produção de colágeno.

Por estes motivos, é possível ter ganhos na elasticidade e na firmeza do tecido, reduzindo o tamanho e a textura das estrias. A aparência delas também tende a melhorar, já que a planta possui ações nutritiva e hidratante, atenuando as listras brancas.

E mais: utilizar a Babosa para estrias costuma oferecer uma resposta interessante na prevenção de novas lesões. Quanto às estrias recentes, de coloração rosada ou avermelhada, a planta pode atenuar o processo inflamatório em andamento.

É claro que os resultados variam de pessoa para pessoa, de acordo com a situação da pele, entre outros fatores.

Babosa para estrias: creme com azeite de oliva turbina a hidratação

Quer potencializar a Babosa para estrias? Existe uma receita que inclui o azeite de oliva. É uma mistura com incrível poder de hidratação graças ao ácido oleico, formando uma espécie de “filme” protetor que inibe a saída de água da pele.

Ingredientes:

  • 2 Colheres (chá) de Azeite de Oliva
  • 1 Folha de Babosa

Modo de fazer:

1. Limpe cuidadosamente a folha de Babosa.

2. Retire a polpa da planta.

3. Coloque a “baba” em um recipiente.

4. Acrescente o azeite de oliva.

5. Misture bem até obter uma consistência homogênea.

6. Despeje o creme em um vasilhame com tampa e guarde na geladeira.

Atenção: é fundamental o acompanhamento especializado, a supervisão profissional de um fitoterapeuta ou naturopata ao administrar plantas medicinais. Elas podem ter contraindicações, efeitos colaterais e interações medicamentosas.

O conteúdo deste post tem função de informar. Apenas um médico pode decidir o que é melhor para cada pessoa e prescrever tratamentos de acordo com a situação específica.

Como eu disse, eliminar estrias não é uma missão fácil. Mas fica a dica da Babosa para estrias. Espero que, no mínimo, ela ajude a reduzir o incômodo, deixando sua pele mais macia e bonita, além de dar uma forcinha para que novas listras não apareçam.

Boa sorte!

Até a próxima…

—————————————–